quarta-feira, 27 de setembro de 2006

OJOGO : "Tenho visualizado um golito meu"

Xano é presença assídua no onze que Neca estruturou para as primeiras quatro jornadas e só não é totalista porque, contra o Beira-Mar, foi substituído a cinco minutos do termo do tempo regulamentar dada a necessidade de segurar o empate. Generoso na entrega, veloz na condução das acções defensivas, o avançado não esconde que tem um sonho: marcar um golo contra o Benfica.
,
O começo de campeonato para o Aves não podia ter sido mais complicado. Nas quatro primeiras jornadas jogou fora contra Beira-Mar e Marítimo e, perante os seus adeptos, teve de medir forças com Braga e Sporting. O ciclo encerra com a visita, no próximo domingo, ao Estádio da Luz, em mais uma partida que não está incluída no “campeonato” do conjunto orientado pelo professor Neca.
.
O avançado não deita a toalha ao chão, mas sabe que vai ser um jogo com um elevado grau de dificuldade. Não fazer má figura e, se possível, apontar o “tal golito”, já não seria mau de todo. O melhor, obviamente, era pontuar. E, para tanto, Xano aposta no cansaço que os encarnados poderão apresentar depois da jornada europeia de ontem: “É difícil, pois toda a gente sabe que o Benfica tem uma grande equipa. O jogo com o Manchester United poderá dar-nos uma vantagem no capítulo físico, pois poderemos aproveitar um eventual cansaço da parte deles. Julgo que temos algumas hipóteses, mas o favoritismo está praticamente todo do lado do Benfica”.
.
Ainda não fez ao gosto ao pé na Liga. Uma situação que não o atormenta, apesar de não esconder que seria óptimo que isso acontecesse na próxima jornada. Entre uma gargalhada e um baixar de cabeça, Xano afirma que sonha sempre “em marcar um golo antes de todas as partidas”, mas revela que esta semana essa vontade tem tido contornos especiais: “Para este jogo com o Benfica, praticamente desde que acabou o jogo com o Sporting, que tenho visualizado um golito meu. Acredito em todos os jogos que vou marcar”.
.
Mais importante que marcar um golo é pontuar, depois dos três pontos perdidos na última ronda. “Não é uma tarefa fácil jogar em casa contra o Sporting e, logo na jornada seguinte, ter de defrontar o Benfica”, atira Xano de pronto, para acrescentar de imediato: “São jogos em que não temos grande responsabilidade em pontuar. Como tal, podemos encará-los com maior tranquilidade e é isso que vamos fazer. Jogar com eles permite-nos evoluir e crescer”.
Outras Ligações:

1 Comment:

  1. lau said...
    Grande craque... este Xano!

Post a Comment