sexta-feira, 7 de setembro de 2007

"Estão praticamente definidos os participantes da futura Liga Intercalar que deverá arrancar a 29 de Novembro, como complemento dos campeonatos da Bwin Liga, Liga Vitalis, Taça de Portugal e Taça da Liga. FC Porto, Boavista, Leixões, Aves, Trofense, Penafiel, Varzim e Gondomar já estão certos nesta competição organizada pela AF Porto, destinada a jogadores profissionais pouco utilizados ou a juniores com contratos profissionais, pelo que apenas falta ao Braga e Guimarães, ambos da AF Braga, responderem afirmativamente a um convite feito há uma semana para estarem encontradas as dez equipas participantes. No próximo dia 10 de Setembro serão limadas as últimas arestas durante uma reunião na sede da AF Porto. Ao que O JOGO apurou, Braga e Guimarães manifestaram interesse pela oportunidade, mas a AF Braga deseja colocar mais clubes filiados nesta prova na próxima época." - OJOGO

Ligações:
OJOGO - "Liga intercalar aguarda Braga e Guimarães"

12 Comments:

  1. Anónimo said...
    parece-me bem...
    Anónimo said...
    desde que o nosso Tonio não faça cenas tristes tudo bem!!!!!!
    rebelo
    rui said...
    ze, sei k kerias informaçoes sobre as camadas jovens.
    eu dou te informaçoes sobre os iniciados b.
    se kiseres diz aki
    Anónimo said...
    claro que quero. ô rui nen se progunta pá caramb a, manda já
    rui said...
    Iniciados B
    Ronfe 3-4 Desp.Aves
    Marcadores:Postiga, Marco, Rui Pedro e João Pedro para o Aves
    Anónimo said...
    Juniores 6-0, Kubala, Joao Silva, Rui Moura, Pedro Lopes, Benicio, Bruno
    Anónimo said...
    � RUi �s um grande gajo, caramba aonde foste buscar tanta esperteza?
    SABES TUDO.
    Pintas said...
    Avenses arriscam-se a perder futebol profissional

    A AMEAÇA É DO PRESIDENTE HONORÁRIO ANTÓNIO FREITAS

    O Desportivo das Aves pode ficar sem futebol profissional na próxima época. A ameaça parte do presidente honorário do clube nortenho e um dos seus principais investidores, António Freitas, e será apresentada em assembleia geral extraordinária, agendada para Outubro.

    O presidente adjunto, Joaquim Pereira, e António Freitas juntam-se amanhã à direcção do clube na reunião com o presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional, Hermínio Loureiro.

    O encontro foi solicitado pelos responsáveis avenses na sequência da derrota em casa ante o Estoril (2-3), a contar para a 3.ª jornada da Liga de Honra, num jogo em que se queixaram veementemente da arbitragem.

    "Vamos falar com o senhor presidente, que acho que está a fazer um bom trabalho, sobre o que está a acontecer ao Desportivo das Aves", afirmou António Freitas à Lusa.

    E acrescentou: "Somos um clube que não deve nada a ninguém, e isso custa muito dinheiro, fica muito caro ser sério. Não podemos estar a brincar. Ou as coisas mudam ou, por mim, acaba-se com o futebol profissional, fazem-se uns relvados e disponibilizam-se à comunidade".

    Como "o clube não é meu, pedi a convocação de um assembleia ogeral para colocar a questão aos sócios do Desp. Aves", salientou, acrescentando que está à espera de uma forte participação dos associados, porque "os sócios do Desp. Aves estão acomodados".


    in www.record.pt
    Anónimo said...
    SAD é a solução
    FREITAS AMEAÇA TIRAR APOIOS

    António Freitas ameaça retirar todos os apoios ao Aves, no caso de não sentir o apoio dos sócios na assembleia geral extraordinária que terá lugar este mês. “Não vou dizer que acabo com o futebol profissional, porque não sou dono do clube, mas posso subsidiar outras actividades”, disse.

    O ex-presidente avense quer implementar uma gestão “mais profissionalizada. O caminho é uma SAD. Já temos um projecto bem estruturado, com os parceiros necessários”.

    António Freitas e o presidente adjunto Joaquim Pereira serão recebidos hoje pelo presidente da Liga, Hermínio Loureiro, para explicar as razões de queixa do clube em relação às arbitragens.


    Record
    Data: Terca-feira, 11 Setembro de 2007 - 01:37
    Anónimo said...
    Rafael quer honrar apelido Defendi
    SOFREU SEIS GOLOS EM TRÊS JOGOS

    Rafael promete fazer jus ao sobrenome Defendi e parar com maior frequência os remates dos adversários do Aves. O guarda-redes brasileiro é a aposta de José Gomes na baliza do Aves em detrimento de Rui Faria e Zé Eduardo, mas nos primeiros 3 jogos da Liga Vitalis sofreu 6 golos, para além de outros 2 na Taça da Liga.

    Uma média de 2 golos sofridos por partida que pretende melhorar. “Vou mostrar que sei defender bem, tal como diz o meu nome. As coisas não correram bem nos primeiros jogos, mas tenho a certeza que os adeptos do Aves ainda me vão apoiar muito quando estiver ao nível que desejo.”

    O apelido de Rafael dá azo para muitas brincadeiras dos sócios do Aves. “Foi o destino que quis que eu tivesse o nome Defendi e acabasse por ser guarda-redes profissional. É uma coincidência muito grande e é normal que as pessoas comentem e brinquem sobre o assunto”, afirma o brasileiro.

    Curiosamente, o Aves apresenta o jogador apenas pelo nome próprio, o que não acontecia no Brasil. “No meu país toda a gente me conhece pelos dois nomes, mas aqui só utilizam o primeiro. Para mim é igual, quero é dar o meu melhor dentro do campo e ajudar o Aves a conseguir os seus objectivos.”

    Autor: BRUNO FREITAS
    Data: Terca-feira, 11 Setembro de 2007 - 01:12
    Anónimo said...
    dedica-t a pesca o defendi!!!!!!!!!!!!!!1
    Anónimo said...
    concordo que muitos dos socios do aves se acomodaram,porque ao longo dos anos, e á ultima da hora aparecia sempre uma direcção credivel,como se vê pelos resultados ao longo dos anos.
    mas dai ate acabar com o futebol profissional acho muito,penso que foi um desabafo e o snr.freitas e outros notaveis de vila das aves vão repensar as suas posições.
    viva o aves.
    todos a uma grande participação na proxima assembleia, para todos sairmos de la com um clube mais forte.
    augusto

Post a Comment