terça-feira, 1 de janeiro de 2008

Joga-se este fim de semana o Penafiel - Aves, um encontro que já é um clássico da Liga Vitalis e que não se joga desde 2003/2004, ano em que o Penafiel subiu de divisão mas foi incapaz de ultrapassar o Aves em ambas as partidas.


Estádio Municipal 25 de Abril, Penafiel

Foi nessa época que se viveu um dos jogos mais caricatos dos últimos anos. 4-4 foi o resultado final de um jogo rodeado de polémica, como descreveu o nosso ex-presidente: «Tive medo e abandonei o estádio antes de acabar o jogo. Estou convencido de que, quando acabou o jogo, não havia um adepto do Aves nas bancadas, porque vi-os a sair por tudo o que era lado. Estava um ambiente que não se usa nos tempos de hoje. Até me senti envergonhado por ser presidente de um clube». «Houve coacção ao árbitro, toda a gente viu... Já estamos a pedir os relatórios do jogo para tomarmos as nossas conclusões», disse o nosso presidente ao RECORD.

Quando o jogo estava 3-4, para o Aves, os adeptos do Penafiel,
revoltaram-se contra um penalti marcado a favor do Desportivo: "depois das interrupções, pelo meio das garrafas de água, sapatos e moedas arremessadas para o relvado, o juiz continuou o jogo." Aliás, até o próprio presidente do Penafiel, António Oliveira, desceu do camarote e entrou em campo para falar com o árbitro da partida... Até o árbitro auxiliar já tinha sido atingido por um objecto qualquer, mas, mesmo assim, o trio de arbitragem deu seguimento ao jogo e marcou, segundos depois do recomeço, um penalti a favor do Penafiel que foi convertido e deu origem ao resultado final, 4-4.

Um jogo para a história... a grande partida de futebol ficou manchada e esquecida no meio de toda esta estúpida confusão.


António Oliveira, presidente do Penafiel na altura do célebre 4-4

Aves e Penafiel são as equipas com mais presenças na Liga de Honra. O Aves cumpre, esta época, a 16ª participação e o Penafiel a 14ª. Muitas partidas já se jogaram entre os clubes, mas aqui fica o histórico recente de confrontos:

2003/2004: Aves 1-0 Penafiel e Penafiel 4-4 Aves
2002/2003: Aves 0-2 Penafiel e Penafiel 0-1 Aves
2001/2002: Aves 1-0 Penafiel e Penafiel 2-1 Aves
1999/2000: Aves 3-0 Penafiel e Penafiel 0-0 Aves
1998/1999: Aves 1-1 Penafiel e Penafiel 1-2 Aves
1997/1998: Aves 3-0 Penafiel e Penafiel 4-0 Aves

Tanto Aves como Penafiel costumam ser adversários muito complicados, na Liga de Honra. Este ano a história tem sido diferente e, se o Aves nos últimos jogos se tem vindo a afastar dos lugares de despromoção, o Penafiel lá continua, a 4 pontos da zona de manutenção, apesar de estar ter feito 7 dos seus 9 pontos nos últimos 4 jogos.

A equipa agora comandada por António Sousa é a equipa da competição com menos pontos em casa, apenas 5. No entanto continua surpreendemente na Taça da Liga, onde vai disputar a fase de grupos com Sporting, Setúbal e Beira-Mar.

Um jogo interessante, em perspectiva. O Penafiel luta desesperadamente para fugir à despromoção e o Aves luta por se afastar ainda mais da linha de água. Veremos se o Aves consegue voltar a mostrar aquilo que mostrou frente ao Freamunde: muita entrega e bom futebol...

Ligações:
RECORD - "Penafiel 4-4 Aves: bom futebol e cenas tristes"
RECORD - "Blackout avense à espera de relatório"
FUTEBOL.PT - Frente a Frente, Aves vs Penafiel

3 Comments:

  1. Zé Fernandes said...
    e deste, nao há cassete? é que era sucesso no youtube, de certeza...
    Força Avense no Futsal said...
    Há cassete sim Zé! E o senhor Joaquim Pereira tem uma cópia! Eu próprio vi o vídeo do jogo, no dia seguinte ao encontro!
    Abraço...
    Força Avense no Futsal said...
    Nós como verdadeiros AVENSES temos apenas uma missão! Que será deslocarmo-nos em massa ao estádio do Penafiel!
    Apenas uma adição para completar a tua notícia, o objecto que foi atirado para dentro do terreno e que atingiu o árbitro auxiliar foi nada mais nada menos que ums garrafa de Wisky! A garrafa atingiu-o na cabeça tendo disferido um golpe...o auxiliar foi como que "obrigado" a continuar e no dia seguinte saíra a notícia num jornal Desportivo de que no final esse senhor necessitara de tratamento hospitalar e levara uma dúzia de pontos na cabeça...
    Este ano e como verdadeiro Avense, vou lá voltar, para ver, gritar, reviver, recordar, ver o nosso desportivo vencer...mas desta vez ninguém nos põe a correr :D!
    Abraç'avense

Post a Comment