segunda-feira, 24 de novembro de 2008

"Fangueiro, que bisou na partida e está feito goleador, beneficiando da mobilidade e liberdade concedidas para actuar no último terço do terreno, e Artur, o novo motor da equipa, que assiste e marca (belo golo após galgar 40 metros de terreno), representam o brilho das individualidades que a força do colectivo permite mostrar. A força que o Aves não evidenciou. A exibição dos visitantes foi tão pobre que acentuar que sofreram dois golos quando tentavam qualquer coisa não serve de alento. Significa, isso sim, erros graves que resultaram em goleada." - OJOGO

"O primeiro golo saiu dos pés de Fangueiro, aos 16 minutos, com o avançado a aproveitar uma bola que o guardião forasteiro deixou fugir, inaugurando, de forma oportuna, o marcador. Ainda antes do intervalo, Artur ampliou a vantagem dos locais, aproveitando uma perdida de bola a meio-campo, que permitiu a corrida isolada do médio, que com toda a calma, concretizou o segundo tento dos aveirenses." - RECORD


Foto: Pintas

"No segundo tempo, Henrique Nunes fez alterações na equipa do Aves, mas foi o Beira-Mar que partiu para a goleada, com Fangueiro, aos 61 minutos a bisar e a apontar o terceiro golo dos locais. Dois minutos depois, foi a vez de Lourenço assinar o 4-0, fechando as contas de uma partida dominada por completo pelo Beira-Mar, terminando com uma série de quatro jogos caseiros sem vencer." - RECORD

«Demos uma prova de que uma equipa macia a defender sofre destes resultados» - HENRIQUE NUNES

Ligações:
OJOGO - "Génio de Fangueiro e Artur na primeira vitória caseira"
RECORD - "Domínio dos locais"

1 Comment:

  1. kissepassa said...
    e já agora antes k se fale nele prof neca acaba de assinar pelo liga muçulmana de moçambique.
    Ass.Bruno Martins

Post a Comment