segunda-feira, 16 de março de 2009

GRALHA FOI A FIGURA DO ENCONTRO

"O árbitro André Gralha tornou-se no protagonista indesejado da partida quando, a quatro minutos do final e numa altura em que o triunfo avense parecia seguro, assinalou uma grande penalidade por pretensa carga do defesa Sérgio Carvalho sobre o recém-entrado Filipe. Uma decisão errada que permitiu o golo do empate, convertido por Bruno Sousa. Foi um balde de água fria para os avenses e que motivou a ira dos seus responsáveis e adeptos. Para a Oliveirense, o ponto foi ouro sobre azul ." - OJOGO

"Mal o Aves-Oliveirense terminou, o treinador do Aves, Henrique Nunes, teve mesmo de ser agarrado por Vitinha, o seu adjunto, para não se aproximar do árbitro, André Gralha. Muito exaltado, o técnico só foi largado pelo adjunto no túnel de acesso aos balneários. Depois disso, Henrique Nunes não quis falar na conferência de Imprensa." - OJOGO

"Uma grande penalidade duvidosa, convertida aos 88 minutos, garantiu à Oliveirense um precioso empate (2-2) na luta pela permanência, no reduto do Desportivo das Aves, em jogo da 22.ª jornada da Liga Vitalis.

No lance que marcou o jogo, o árbitro André Gralha, com muitos erros, considerou ter existido falta de Sérgio Carvalho sobre Filipe Tavares na área do Aves, com Bruno Sousa, na cobrança da grande penalidade, a aproveitar para restabelecer a igualdade.

Com este resultado, a Oliveirense, sem perder nos últimos quatro jogos, melhor série da época, mantém-se na zona de descida, com 20 pontos, mas com o Boavista por perto, enquanto o Desportivo das Aves fez 28 pontos e se mantém na segunda metade da classificação.

Na primeira parte, jogada num ritmo lento, o Aves teve mais posse de bola, mas não conseguiu incomodar verdadeiramente Tó Ferreira, enquanto a Oliveirense, só se mostrou nos minutos finais por Marcos António, primeiro a rematar ao lado e, aos 42 minutos, a inaugurar, de cabeça, o marcador, após centro na direita de Coentrão.

Ao intervalo, Henrique Nunes tirou um defesa (Sérgio Nunes) e colocou um médio (André Carvalho), passando a jogar em 3-4-3, mas foi a Oliveirense, logo aos 47 minutos, a estar perto de ampliar o marcador, mas Carlitos cabeceou de forma deficiente.

Na resposta, o Aves chegou à igualdade por Rui Miguel (oito golos), que aproveitou a desatenção dos centrais para, de cabeça, corresponder da melhor forma ao centro da direita de Sami - um dos mais inconformados.

O jogo ficou mais aberto e um pouco mais intenso, com a Oliveirense a tentar explorar o adiantamento do Aves, quase sempre por cima e que voltou a marcar já perto do fim, aos 82 minutos, por Tiago Valente, antecipando-se, de cabeça, após livre na direita apontado por Gouveia, o melhor do Aves.

Valeram de pouco os festejos dos adeptos locais, pois seis minutos depois, aos 88, Bruno Sousa, na cobrança de uma grande penalidade, restabeleceu a igualdade." - RECORD

Ligações:
OJOGO - "Gralha no final deu em empate"
OJOGO - "Henrique Nunes ficou «cego»"
RECORD - "Penalti ajuda na luta pela permanência"

2 Comments:

  1. Gabriel said...
    Para além do péssimo resultado e da vergonhosa arbitragem, gostava de realçar a falta de público no nosso estádio, cada jogo que passa existe cada vez menos pessoas no estádio é decepcionante, neste momento a grande maioria dos Avenses não apoia o clube só lhes interessa os resultados dos grandes, o Aves para eles é um passatempo, é triste sentir que neste momento são poucos aqueles que sentem e gostam do clube, que sofrem com as derrotas e que choram nas descidas mas que apesar de tudo sentem o orgulho de serem Avenses porque o verdadeiro o único grande que existe é o AVES,chega de pensar no Porto, Benfica ou Sporting é apenas um desabafo de um adepto que sofre e muito por este clube e que gostava de ver mais Avenses a apoiar o clube. Gostava de agradecer ao Dr. João Freitas, e ao Sr. Joaquim Pereira que tudo têm feito por este clube prejudicando a vida familiar por este GRANDE CLUBE, um abraço para todos aqueles que sentem o AVES para os verdadeiros AVENSES.(infelizmente são cada vez menos).
    Aves14 said...
    Ó henrique nunes o tiago valente é central, o leandro e o grosso sao defesas direito poe os jogadores nas posições deles e deixa de ser burro...arranjas confusao com toda a gente e ate agora so no caso do ricardo nascimento é que deves ter razao...ja agora o romeu ribeiro tinha de cumprir contrato era? é uma vergonha e ate um escandalo tirar o andre carvalho na forma que ele estava...queres estragar carreiras vai estraga-las para o feirense ja que que lhes vais dar o jogo e vais...

Post a Comment