domingo, 4 de fevereiro de 2007

S.C. Braga 1-0 C.D. AVES
Zé Carlos 80'



Mais um jogo com a estratégia irritante do costume, sem efeitos práticos. O Aves limitou-se a defender durante todo o jogo e quase conseguiu trazer um pontinho... Sofreu a 10 minutos do final da partida e daí para a frente o jogo não existiu mais.

O Aves foi forte defensivamente, raramente errou (apesar de nos primeiros 10 minutos a equipa ainda estar um pouco descoordenada), mas ofensivamente foi uma nulidade. Coitado do Octávio e do Paulo Sérgio, completamente abandonados na frente do terreno, sem hipótese nenhuma de fazer fosse o que fosse. O Aves quase não fez jogadas com princípio meio e fim, o que é realmente preocupante para alguém que precisa de ganhar jogos... Começo a ficar realmente farto das estratégias ultra-defensivas que, esta época, nenhum resultado têm dado.

MAISFUTEBOL:
"Um golo que castigou a ganância de Neca, um treinador «agarrado» às teorias defensivas. Teorias que já chateiam, de tão rudes e grosseiras conseguem ser."

PROF. NECA:
«Nos primeiros 45 minutos fomos muito organizados e o Nuno só fez uma defesa. Tentámos sair para contra-ataque, mas no último passe tivemos muita dificuldade. Na única vez em que conseguimos superioridade, o árbitro foi rigoroso e interrompeu-nos o ataque. Na etapa complementar, o tempo foi passando, o Sp. Braga estava desorientado e na parte final, quando achámos que poderíamos marcar, sofremos. Poderíamos ter sido premiados de outra forma e acho que merecíamos o empate.»


1 Comment:

  1. Esquimó said...
    como e possivel dizer que o aves podia marcar? neca, abre mas e os olhos... aquele lance do erro do arbitro so e importante porque foi a unica jogada em k o aves saia para contra ataque... de resto n houve nada... o futebol do aves e igual a zero...

Post a Comment