quarta-feira, 29 de agosto de 2007


O NORTE DESPORTIVO
"Memória da descida é obstáculo"

Sopram tempos de mudança na vila das Aves. José Gomes quer tornar o Desportivo local mais ousado e nem a má entrada na Liga Vitalis – derrota com o Olhanense (1-2) e em casa do Beira-Mar (1-0) – desanima o treinador, que pede tempo para transformar a «herança» do professor Neca.


“Estamos confiantes no nosso trabalho e acreditamos que vamos entrar no caminho do sucesso. É questão de dar mais algum tempo para se consolidarem alguns processos”, resume José Gomes, a O NORTE DESPORTIVO, reconhecendo que os resultados registados nas duas primeiras jornadas não foram os esperados: “Não espelham o que p
roduzimos em campo. Tem faltado eficácia na finalização”.

O técnico admite que “é importante conseguir três pontos rapidamente”, embora admita que o Aves ainda não está a jogar como pretende: “O obstáculo que temos sentido são os três anos de professor Neca. Não é uma crítica, até porque somos amigos. Tratam-se de filosofias e de métodos diferentes”.

A principal mudança terá de ser anímica. Urge acabar com o estigma da descida registada na última temporada. “Quando um clube desce, tenta manter a maioria dos jogadores. O número de derrotas com que vêm da temporada anterior acaba, de alg
uma forma, por pesar na equipa. Mas isso não pode ser desculpa para não acertarmos com a baliza adversária! Estamos numa fase boa quanto ao desenvolvimento como equipa, só precisamos de uma vitória”, argumenta.



Esse desenvolvimento passa por tornar a equipa mais «mandona» dentro das quatro linhas, acrescenta José Gomes: “Quero um Aves mais ofensivo desde o primeiro minuto, sem qualquer tipo de medo do adversário. Não estou a dizer que isso não era feito antes, mas nota-se insegurança e receio em alguns jogadores na fase de transição para o ataque e na ocupação dos espaços em campo”.

O treinador não assume como objectivo o regresso à Liga, mas contrapõe que o plantel tem qualidade para o conseguir: “Das equipas que descem, quantas conseguem subir na época seguinte? Sei que o Vit. Guimarães o fez na época passada e a Académica conseguiu-o uma vez, mas não me recordo de mais. Isto não tem a haver com a qualidade das equipas, mas, com a manutenção do plantel, é natural que permaneça uma dinâmica negativa. Custa dar esse safanão. O nosso objectivo é atingir a manutenção o mais rápido possível. Depois, poderemos falar quanto à luta pela subida”."

3 Comments:

  1. Anónimo said...
    proxima jornada o abrito e o artur soares dias
    forcaavense said...
    Esperemos k essa vitória surja já no Domingo. Lá estaremos!!
    Como sempre..
    Anónimo said...
    as vitórias conquistan-se com trabalho ( José Gomes )

Post a Comment