domingo, 19 de abril de 2009

DESPORTIVO SOBE ATÉ AO 6º POSTO DA GERAL

25ª Jornada da Liga Vitalis
Freamunde 1-2 CD AVES

"O Desportivo das Aves venceu hoje no reduto do Freamunde por 2-1, depois de ter estado a perder, e deu um passo firme rumo à permanência na Liga Vitalis.

A reviravolta no resultado e a consequente vitória, que assenta bem aos forasteiros, aconteceu já nos últimos 20 minutos, com tentos de Robert (71 minutos), num lance individual, e Ruben Lima (81), a passe do brasileiro, a grande figura do jogo.

Com este resultado, o Desportivo das Aves, que repetiu o triunfo alcançado na época 2007/2008, passou a somar 31 pontos e cimentou a sua situação tranquila na classificação, enquanto o Freamunde mantém 28.

O Freamunde iniciou o jogo com cinco alterações relativamente à última ronda (derrota com o Boavista por 2-1), entre regressos, lesões e opções técnicas, mais duas do que o Desportivo das Aves, vencedor do encontro da derradeira jornada (1-0, com o Beira-Mar).

A primeira parte foi jogada num ritmo lento e teve poucos momentos de interesse: exceptuando o lance do golo local, marcado de cabeça por Cascavel, aos nove minutos, após pontapé de canto, e uma perdida pouco comum de Rui Miguel, aos 36, ao cabecear torto, na área, sozinho.

Os avenses, que jogaram com três defesas, mais Leandro, colocado na direita e responsável por todo o corredor, acabaram mesmo o primeiro período instalados no meio-campo do Freamunde, que pareceu mais interessado em gerir o golo madrugador do que em assumir o jogo.

Esta tendência acentuou-se na etapa complementar, com as primeiras ameaças, de Romeu Torres (65 minutos) e Gouveia, um dos melhores em campo, de livre (68), a pedir um desvio, que faltou, já depois da entrada em campo de Robert, autêntica "arma secreta" de Henrique Nunes.

Aos 71 minutos, o brasileiro "furou" pelo corredor central, ultrapassando os adversários que encontrou, e, quando encarou o guarda-redes Tó Figueira, limitou-se a rematar colocado, restabelecendo, com justiça, a igualdade.

O Freamunde pareceu despertar, mas os forasteiros continuaram por cima: aos 80 minutos, Rui Miguel, na sequência de um livre, cabeceou à trave e, no minuto seguinte, Ruben Lima, aproveitando o trabalho de Robert na direita e o facto de estar sozinho, fez o segundo golo e confirmou a reviravolta no marcador.

Até final, o Desportivo das Aves ainda podia ter dilatado o marcador, novamente por Robert (88), mas o remate não levou a melhor direcção." - RECORD

St. Clara 48 pts
Olhanense 46 pts
-
Leiria 42 pts
Feirense 37 pts
Estoril 37 pts
CD AVES 34 pts
Gil Vicente 33 pts
Sp. Covilhã 33 pts
Varzim 32 pts
10º Beira-Mar 32 pts
11º Freamunde 31 pts
12º Vizela 28 pts
13º Portimonense 28 pts
14º Oliveirense 27 pts
-
15º Gondomar 25 pts
16º Boavista 25 pts

Ligações:
RECORD - "Quase a salvo"

1 Comment:

  1. Tomé de Azevedo said...
    De salientar que a pontuação de ambos clubes que o Record anunciou ("Com este resultado, o Desportivo das Aves, que repetiu o triunfo alcançado na época 2007/2008, passou a somar 31 pontos e cimentou a sua situação tranquila na classificação, enquanto o Freamunde mantém 28.") estava errada.

    Comentei a notícia no site do respectivo jornal a alertar para este facto. O erro foi corrigido, mas o comentário não foi aceite.

    Cenas.

Post a Comment