segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

«A FAZER PELA VIDA POR TODOS OS MEIOS»


GOSTAVA DE PERCEBER PORQUE É QUE EM TODAS AS PARTIDAS ONDE JÁ VIMOS ESTE TIPO DE COMPORTAMENTO EM NOSSO PREJUÍZO, NUNCA VIMOS ESTE TIPO DE PALAVREADO EM RELAÇÃO AO COMPORTAMENTO DA EQUIPA QUE "QUEIMA TEMPO".

"O período inicial trouxe equipas muito equilibradas, com o Portimonense a gerir a posse de bola e o Aves a explorar as deficiências defensivas dos algarvios. Este plano deu frutos ao minuto 17, quando, num lance de bola parada, o avense Tiago Nunes abriu o marcador. Com a desvantagem no marcador, os jogadores da equipa algarvia seguiram atrás do prejuízo e deram mais intensidade ao jogo, designadamente com um cabeceamento ao poste de Rúben Fernandes cinco minutos depois. Litos corrigiu ao intervalo as lacunas ofensivas da sua equipa com as entradas de Pedro Moita e Pires, o que levou a um jogo muito mais dinâmico do que na primeira parte, com apenas um sentido: a baliza de Hugo Ferreira. Aos 55' João Pedro avisou com um remate ao poste, para 11 minutos depois Diogo igualar o marcador, ao cabecear certeiro após um livre de Vasco Matos. Até ao final, o Portimonense tentou dar a volta ao resultado, mas o Aves fez questão de gerir o jogo com algum mau profissionalismo: substituições demoradas; demasiado "teatro" nas faltas e até o treinador entrou na 'festa', ao atirar deliberadamente uma bola para a bancada. Quem não gostou foram os adeptos algarvios." - OJOGO

Ligações:

5 Comments:

  1. João Machado said...
    Até parece que o jornalismo em Portugal, nos últimos tempos, tem sido um bom exemplo de profissionalismo. Que tristes!
    beckham said...
    Já disse isto em outras alturas e volto agora a dizer. Quer se queira quer não queira não somos tratados de modo igual aos outros clubes pela comunicação social. Já aconteceu quando estavamos na Liga Sagres em que nos apelidavam de coitadinhos. Num ano em que até discutismo a permanencia ate ao fim e por exemplo este ano e em outros não os vemos fazer isso com outras equipas que não conseguem fazer metade do que nos fizemos. Defendo mais uma vez que a direcção tem de actuar contra isto senão continuamos a ser bombo da festa sempre que este Srs querem..felizmente o jogo com o Portimonense deu na televisão e quem viu o jogo sabe que toda esta noticia é uma mentira. Mas este jornal já n é virgem em comentários deste tipo á nossa equipa. Precisamos de ter uma posição muito forte contra estes atentados ao bom nome do nosso clube.
    Filipe said...
    Não poderia concordar mais beckham e João.
    De facto, o Aves é sempre o "alvo" destes vergonhosos jornalistas, que se acham superiores!

    Fico triste que depois de já termos dado provas que somos um dos clubes mais sérios de Portugal, continuem a dirigir-se a nós com esta arrogância.

    Há uns anos era o Record, que a toda a hora chicoteava o Desportivo. Agora temos O Jogo que sempre pareceu um jornal que até simpatizava com o Aves.

    Não sei se tem a ver com o Jornal, ou com o jornalista, mas vos garanto, que se for com ele, é adepto do Portimonense. Ou anti-Aves, que é o mais provável, visto que a maioria destes ditos senhores da palavra, tratam-nos como se fossemos uns inferiores...
    Filipe said...
    Este comentário foi removido pelo autor.
    zequinha said...
    nao devemos ter visto todos o mesmo jogo...substituiçoes demoradas???
    é o que faz andar uma semana inteira com direito a uma pagina em cada diario desportivo, depois a azia é grande...
    cumps.

Post a Comment